A postdoctoral position in infectious disease epidemiology to study the spatial epidemiology of dengue, chikungunya, and Zika within a randomized trial of a mosquito intervention.

Environment
The University of Florida Infectious Disease Dynamics group at the University of Florida uses field, laboratory, analytic and theoretical approaches to study pathogen transmission and the impact of interventions.

Job description
We are seeking a postdoctoral associate to help design, conduct and analyze data from a study of the spatial risk factors for acquisition of arboviruses and the impact of a randomized intervention (Wolbachia introgression into Aedes aegypti). The cluster randomized control trial, being conducted in Belo Horizonte, Brazil, is a collaboration between the Federal University of Minas Gerais, the Emory University Vaccine Trials Evaluation Unit, the University of Florida, and the Yale School of Public Health. The study is funded by the Department of Microbiology and Infectious Diseases within the National Institute of Allergy and Infectious Diseases at the National Institutes of Health. The postdoctoral associate will be based at the University of Florida and work under the supervision of both Dr. Derek Cummings, Professor in the Department of Biology and the Emerging Pathogens Institute and at the University of Florida, and Dr. Albert Ko, Department Chair of Epidemiology of Microbial Disease at the Yale School of Public Health. The postdoctoral associate will also work closely with collaborators in Brazil, including Dr. Mauro Teixeira at the Federal University of Minas Gerais. The successful candidate will lead the design, conduct and analysis of a time-use study to measure the exposure of study participants to the randomized, spatially targeted intervention and will examine the effectiveness of Wolbachia introgression on outcomes such as surveillance ascertained arboviral disease and school attendance. The candidate will also participate in all aspects of the design and conduct of the research, work closely with field study personnel to implement the protocol and conduct analysis of the empirical data and build models of the impact of movement on acquisition of arboviral disease.

Preferred qualifications and skills:

·    PhD in one of the following areas: epidemiology, mathematics, statistics, immunology, physics, computer science, population biology or a similarly quantitative discipline.

·    Experience in study design.

·    Strong interest in infectious disease epidemiology.

·    Ability to collate and analyze data, interpret and present results to a high standard using a range of specialized research techniques.

·    Good knowledge of R.

·    Excellent verbal and written communication skills.

·    Experience in communicating research findings to a non-specialist audience.

·    Ability to work independently but also as part of a larger interdisciplinary research team.

·    Fluency in Portuguese (or in its absence, Spanish) will be a useful skill but not required for implementing the project and training.

 

This will be a one-year appointment with the possibility to extend, should both parties agree. The position will be based at the University of Florida, FL, USA, with some time in Belo Horizonte, Brazil. Interested candidates should email Derek Cummings (datc [at] ufl.edu) and Albert Ko (albert.ko [at] yale.edu) with a CV, statement of interest and contact information for 3 references.


Vaga de pós-doutorado na área de arboviroses e intervenção com uso de Wolbachia no Brasil

Vaga de pós-doutorado em epidemiologia de doenças infecciosas para pesquisar a epidemiologia espacial de dengue, chicungunha e Zika num ensaio clínico randomizado de intervenção com Aedes aegypti.

Ambiente profissional

O grupo de Dinâmicas de Doenças Infecciosas da Universidade da Flórida combina atividades de campo, laboratório, analíticas e teóricas para estudar a transmissão de patógenos e o impacto de intervenções.

 

Discrição da vaga

Estamos buscamos um(a) pós-doutorando(a) para assistir na concepção, condução e análise dos dados de pesquisa sobre os fatores de risco espaciais de infeção por arboviroses e o impacto de uma intervenção randomizada (introgressão de Wolbachia em Aedes aegypti). Este ensaio clínico randomizado, que já está sendo realizado em Belo Horizonte, é uma colaboração entre a Universidade Federal de Minas Gerais, e as universidades de Emory, Flórida e Yale nos Estados Unidos. O projeto conta com o financiamento do Departamento de Microbiologia e Doenças Infecciosas do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, NIH (EUA). O pós-doutorado será realizado na Universidade da Flórida com a supervisão do Dr. Derek Cummings, professor na Faculdade de Biologia e o Instituto de Patógenos Emergentes na Universidade da Flórida, e Dr. Albert Ko, chefe do Departamento de Epidemiologia de Doenças Microbianas na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Yale. O pós-doutorando(a) colaborará com parceiros no Brasil, incluindo o Dr. Mauro Teixeira na Universidade Federal de Minas Gerais. O candidato selecionado irá liderar o desenvolvimento, condução e análises de um estudo de uso do tempo para medir a exposição dos indivíduos participantes às intervenções randomizadas e espacialmente direcionadas; e irá examinar a eficácia da ingressão de Wolbachia nas variáveis de desfecho do estudo, como infeção por arboviroses medida através de vigilância ativa e presença na escola. O candidato também participará em todos os aspetos do desenvolvimento e execução da pesquisa, trabalhará em estreita colaboração com os profissionais de campo para implementar o protocolo, analisará os dados empíricos e construirá modelos do impacto do movimento na infeção com arboviroses.

Qualificações e capacidades preferidas:

·      Doutorado em uma dos seguintes áreas: epidemiologia, matemática, estatística, imunologia, física, ciência da computação, biologia da população, ou outra disciplina similar com foco quantitativo.

·      Experiência na concepção de estudos de pesquisa.

·      Interesse na área de epidemiologia de doenças infecciosas.

·      Capacidade de compilar e analisar dados e interpretar e apresentar resultados de qualidade usando diversas técnicas de pesquisa e análises.

·      Bom conhecimento de R.

·      Excelente capacidade de comunicação escrita e oral.

·      Experiência em apresentar resultados de pesquisa para audiências não-especializadas.

·      Capacidade para trabalhar de forma independente, mas também como parte de uma grande equipe interdisciplinar.

·      Fluência em inglês é essencial e será avaliada durante as entrevistas.

Esta vaga será pelo período de um ano com a possibilidade de extensão, conforme a concordância das duas partes. O pós-doutorado será realizado na Universidade da Flórida (Flórida, EUA) com viagens para Belo Horizonte. Os candidatos interessados devem mandar o currículo, uma carta de introdução e contatos de 3 referências para Derek Cummings (datc [at] ufl.edu) e Albert Ko (albert.ko [at] yale.edu).